UX Writing Day e o início de uma jornada

UX Mania
5 min readJul 5, 2021

--

Conversamos com Edu Agni, idealizador de evento pioneiro

Não é segredo para ninguém (que acompanha os rumos do mercado) que a área de UX Writing está extremamente aquecida. Vendo esse movimento e a intensificação de encontros e interação entre as pessoas da comunidade, Edu Agni, fundador e coordenador da Mergo, além de curador de criatividade da Campus Party Brasil, sentiu a necessidade de fazer um evento voltado inteiramente para a disciplina.

Foi aí que nasceu o UX Writing Day, originalmente previsto para acontecer em abril de 2020. E foi aí também que o mundo virou de cabeça para baixo e os planos foram adiados. O Designer de Experiências e sua equipe, na esperança de dias melhores no ano seguinte (no caso neste 2021), mantiveram a previsão de fazer um evento presencial.

As coisas não foram como o previsto, mas esse encontro, o primeiro do Brasil focado nessa comunidade, vai rolar no formato online no dias 16 e 17 de julho. Nesta semana se iniciam as atividades paralelas, que são as masterclasses.

“Nossa pretensão é que o UX Writing Day não seja apenas um evento pontual, mas uma experiência constante entre a comunidade. Esse evento será apenas o início dessa jornada”, afirma Edu.

Confira abaixo a conversa com o Edu ;)

Como pintou a ideia de fazer o UX Writing Day?

A Mergo vinha desde 2017 organizando uma série de eventos, conferências e meetups, que normalmente eram mais genéricos no que se trata da área de UX, abordando diversos temas diferentes. Porém, sempre nos deparamos com muitos grupos de profissionais realizando encontros e compartilhando conhecimento em áreas específicas como forma de fortalecer as suas comunidades e achamos que poderíamos também contribuir nesse sentido.

Nossa primeira experiência foi pegar um de nossos eventos — o UX Team Summit 2019 — e fazê-lo com uma temática específica voltada para a comunidade de UX Research. O resultado foi muito qualitativo e hoje vemos essa comunidade crescendo cada vez mais, inclusive organizando seu próprio evento (O Experiência Observe), que também tem o apoio da Mergo. A segunda edição acontece em outubro.

No final de 2019, logo após o UX Team Summit, começamos a discutir a criação de um evento que fosse focado em uma área e comunidade. Nós avaliamos que a área mais aquecida vinha sendo justamente a de UX Writing, com muita procura em nossos cursos, muitas vagas abertas e muitos conteúdos e meetups rolando. Assim, acreditamos que poderíamos contribuir com o fortalecimento dessa comunidade organizando um evento focado.

Então surgiu a ideia do UX Writing Day, que deveria ter acontecido presencialmente dia 04/04/2020 no auditório do Nubank em São Paulo como a primeira conferência de UX Writing do mundo, mas a pandemia estragou os nossos planos uns dias antes.

Chegamos a remarcar o evento para acontecer presencialmente esse ano, mas como a situação da pandemia ainda não é favorável, fizemos uma pesquisa com a comunidade e o feedback foi de que essa primeira edição do evento poderia acontecer de maneira online… e aqui estamos nós!

Edu Agni — Foto: divulgação / LinkedIn

O que as pessoas podem esperar desse evento pioneiro?

O UX Writing Day tem como foco ensinar e estimular a troca de experiências. Procuramos convidar pessoas que vêm tendo um trabalho de destaque em nosso mercado para compartilhar suas experiências em palestras e também trocar experiências com outras pessoas palestrantes e com o público. Além disso, temos uma programação paralela de Masterclasses para agregar nesses ciclos de aprendizado.

Nossa pretensão é que o UX Writing Day não seja apenas um evento pontual, mas uma experiência constante entre a comunidade. Esse evento será apenas o início dessa jornada.

Como você vê a inserção da disciplina no mercado de Design?

No meio dos anos 2000, o meu trabalho sempre esteve colado na Arquitetura de Informação, então essa ideia da importância do conteúdo, textos e palavras dentro das interfaces sempre foi muito clara pra mim.

A impressão que eu tenho é que a popularização da área de UX no final dos anos 2000 acabou fazendo com que designers deixassem a importância do texto um pouco de lado. Mas conforme a maturidade em UX das empresas foi evoluindo e as disciplinas voltando a se segmentar, o texto voltou a ganhar o seu lugar de direito e importância dentro do design de produtos digitais.

O texto é o primeiro elemento da interface e também é a primeira camada de usabilidade. As empresas que deixam de lado esse trabalho não só prejudicam as condições de uso como o fluxo das tarefas em seus produtos.

Hoje, cada vez mais o UX Writing é uma área essencial para a experiência das pessoas usuárias.

Como você avalia a importância de usar recursos que envolvam UX Writing para engajamento, a conversão, a retenção e a experiência do usuário?

Eu gosto muito de um conceito chamado Holy Trinity of Digital Experience Design, algo como “A Santíssima Trindade da Experiência Digital”, que apresenta em um diagrama com 3 elementos considerados essenciais para a boa experiência: projetar para pessoas, estimular os sentidos, e “compartilhar boas histórias”.

Esse último deixa claro para nós que a função do texto não é apenas informar ou orientar, mas sim criar narrativa e ajudar a traduzir o propósito do seu produto e da sua marca para as pessoas.

Compartilhar histórias e criar identificação através delas é a principal ferramenta de engajamento e consequentemente de conversão. A retenção é criada não somente quando um produto atende o seu propósito funcional, mas quando ele cria uma memória afetiva nas pessoas através da experiência.

Acho que já temos aqui muitos elementos que demonstram a importância do UX Writing para o Design de Experiências.

Gostou da conversa? Se interessou pelo UX Writing Day? Corre que dá tempo de participar! Acesse o link aqui, conheça mais sobre o tema e sobre as atividades que vão rolar. Lembrando que amanhã (6/7 — das 19h às 22h) o próprio Edu abre o evento com a masterclass “O Paradoxo da Escolha”. As palestras em si, se iniciam na semana que vem.

--

--

UX Mania

Ideias, descobertas, engajamento, transição. Um blog sobre UX Writing, Design, Comunicação, Música e outros assuntos instigantes. Por Felipe Madureira.